A icônica foto do presidente americano Abraham Lincoln é composta pela montagem de seu rosto sobre o corpo do político sulista John Calhoun.

Photomanipulation, 1860

(via)

 

mulher andando nua pela casa
envolve a gente de tamanha paz.
não é nudez datada, provocante.
é um andar vestida de nudez,
inocência de irmã e copo d’água.
o corpo nem sequer é percebido
pelo ritmo que o leva.
transitam curvas em estado de pureza,
dando este nome à vida: castidade.
pêlos que fascinavam não perturbam.
seios, nádegas (tácito armistício)
repousam de guerra.
também eu repouso.

o abraço, schiele, 1917.

grant wood viu uma casa em iowa que decidiu pintar com ”o tipo de pessoa que imaginava viver naquela casa”. escolheu para tal sua irmã e seu dentista.

umbanda

o negócio é que por trás da santa
por trás da nossa senhora sei lá o quê
tinha batuque

(ela sambava)

será que seu filho vai acreditar no tanto que cê era bonito?

em 1969 o homem pisou na lua pela primeira vez – dizem – e o gil deve ter tomado seu primeiro ácido – mas aí eu que acho.
gravou às pressas esse cd, bom toda vida, antes dele e do caetano irem pra londres exilados.
[download]

saca a loucura

da primeira vez que senti uma mulher
pensei em dois gominhos de mexerica
grudados, e com muita seiva dentro

sou como a cola que gruda gomos de mexerica
uns nos outros, uns nos outros